quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Laços e Abraços


Óleo sobre Tela -  Laços e Abraços
Rui Pascoal - 2012


“Quando erro – e tenho errado muito – pergunto sempre: Poderia eu ter errado melhor?”

(José Rodrigo Miguéis)

57 comentários:

  1. SE fosse mais branquinha, essa menina, podia ser eu, aos 14 anos! :))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Eu então quando erro, só me pergunto se seria possível ter feito ainda pior:)Sou uma desgraça.
    A pintura é fofinha, gostei.Faz-me lembrar uma coleguinha que tive na escola primária.
    E agora, como não tenho laços, envio abraços;)

    ResponderEliminar
  3. Errar é humano, repetir o erro é ser-se humanamente estúpido...

    Até o retrato mete gato...
    estamos de facto em Janeiro
    Se ficar por aqui o retrato
    Temos gato o ano inteiro

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Algumas pessoas não cometem o mesmo erro duas vezes. Descobrem novos erros para cometer."
      :)

      Eliminar
  4. Linda amizade na tela!!
    O erro só é cometido por quem está ativo, em movimento sempre, os inertes jamais errarão.
    Toma cá o meu abraço neste laço de amizade.
    Beijos
    Joelma

    ResponderEliminar
  5. Mais um belo quadro: vivíssimo! Para quando a exposição? Eu cá, gostava...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que me preparar melhor para "ir a exame" e mesmo assim...
      :)

      Eliminar
  6. Tão giro, tão fofo...

    Uma ternurinha com laços e abraços...

    ResponderEliminar
  7. Bolas, bolas! Isso é que vai uma produção!!! E fiel ao estilo... Gosto. Como é hábito agora, «boa continuação»... são os meus votos.

    ResponderEliminar
  8. Não poderia ter errado melhor, pode sempre é aprender com o erro.

    O quadro fez-me regressar à minha infância: ainda hoje gosto de ver meninas com laços no cabelo.

    Bons sonhos.

    ResponderEliminar
  9. Gosto dessa menina de lacinhos nos cabelos e vestidinho vermelho de golinha branca. Faz-me recuar até à infância. Usei umas tranças e tive uns laços parecidos. Só me falta o gato. :))

    ResponderEliminar
  10. Rui, mas eu não me quis referir ao gatinho, mas sim ao tema global do quadro que tão gracioso e ternurento está...

    Uma delícia com laços e abraços... :)

    Também pergunto---para quando a mostra estas belezas que temos vindo a apreciar???
    Abraço com laços...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia que não se estava a referir ao gatinho, só que sou "muito distraído"...
      :)
      Prometo que se um dia fizer uma exposição aviso, mas ainda é muito cedo...

      Eliminar
  11. Peço desculpa ---- " a mostra destas belezas"


    e não "estas"

    ResponderEliminar
  12. O artista (que vivia disfarçado) vai mostrando os seus pergaminhos!
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Artistas são alguns banqueiros... eu fui um simples bancário.
      :)

      Eliminar
  13. Interessante a dúvida. Tão contrária àquilo que costumo pensar. Não sei responder.

    Gosto tanto dos tons da pintura e aqueles olhos tão grandes! Lindos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Nova versão do Capuchinho Vermelho)

      - Netinha, porque tens uns olhos tão grandes?
      - São para comer o Lobo Mau!
      :)

      Eliminar

  14. Linda a tela. Há doçura nela. Também adorei a combinação das cores.

    Quanto à frase, entendo que ninguém erra melhor ou pior, simplesmente erra, e errar é humano e nos traz aprendizado.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  15. Eis a questão... mas se mais ou menos, errar é humano!
    Ninguém é perfecionista!

    Excelente tela!

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. pois eu responderia que talvez não possamos errar melhor a não ser que deixemos de ser nós.partindo do pressuposto que são erros involuntários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vezes sinto-me múltiplo, logo, erro por vários...
      :)

      Eliminar
  17. Podemos sempre errar pior...sempre...quando os nossos actos trazem piores consequências. Adoro gatos! http://eparaqueconste.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. ...eu só não quero cometer o mesmo erro duas vezes, gosto de criatividade, erros sim mas... sempre diferente ;)

    A menina dos laços está... guapa ;)e o gato... muy precioso ;)
    Não esquecer de ler com sotaque guapa e muy precioso lol

    Bjos

    ResponderEliminar
  19. Um medidor de intensidade para o errar poderia ser a solução para tão surpreendente questão. Não havendo (que eu saiba)tal instrumento, basta-nos errar em modo habitual para sermos considerados humanos.

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Intensa é a forma como escreve, seja em verso ou prosa.
      Obrigado.

      Eliminar
  20. Na época da inocência são os olhos que mostram susto ou surpresa. Erros servem para que aprendamos a nos perdoar. Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de perdida a inocência ainda nos assustamos e surpreendemos...

      Eliminar
  21. Somos todos múltiplos, Rui. Nos erros e no resto. Mas até acaba por ser interessante. O Eu, esse desconhecido :)

    ResponderEliminar
  22. Laços, abraços e ...gatos!
    Errar melhor?
    On sait jamais porque ninguém sabe como seria se tivesse sido de outra maneira!

    Abraço...já não uso laços...

    ResponderEliminar
  23. Oi
    Errar é humano,perdoar é divino.......
    E como é difícil!!!

    Obrigado pela vst

    Abraços

    ResponderEliminar
  24. Adoro!!!
    A menina enlaçarotada, o miau e a citação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de simples gosto dos meus quadros, principalmente enquanto os estou a pintar. Qual deles gosto mais? Do último...
      :)

      Eliminar