terça-feira, 7 de agosto de 2012

Xadrez

Este é um Jogo de Estratégia, uma boa Abertura faz toda a diferença, evite fraquezas, não mexa duas vezes a mesma peça, poupe jogadas, controlando o Centro dominará o adversário e este acabará por se render...


Óleo sobre Tela - Xadrez
Rui Pascoal

Xeque-mate!


58 comentários:

  1. Gostei do quadro e de alguns pormenores que consegui captar! A julgar pelo nº de peças pretas espalhadas pelo chão, pelos vistos a menina tem feito um bom trabalho a distrair o seu adversário! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não dá para ver mas algumas peças foram pela janela.
      :)

      Eliminar
  2. Não percebi... mas o adversário não faz parte do Centro?

    ResponderEliminar
  3. Muito giro! Não percebo nada de jogos de xadrez (de xadrez só gosto das saias e dos bolos...) mas acho o quadro um mimo.

    Parabéns ao artista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto é uma espécie de xadrez… não é “tartan”.
      :)

      Eliminar
  4. Como já nos habituou, mais uma vez, um trabalho interessante, com um toque de realismo e, com os pequenos detalhes, estampados neste trabalho. O decote, as belas pernas da rapariga, as quais jogam de forma a desconcentrar o adversário ihihihi. Uma família de artistas, sem dúvida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com uma estante cheia de livros… não gostas de ler?
      :)

      Eliminar
  5. O meu filho já tentou ensinar-me a jogar xadrez...mas tem uma mãe pouco dada à estratégia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ensinei o meu há muitos anos… agora ele não me deixa ganhar.
      :)

      Eliminar
  6. PARABÉNS, Amigo Rui! Na sequência do que tem feito ultimamente e tendo criado o seu estilo, acho que está no bom caminho. Acho que futuramente os seus trabalhos, mesmo sem a sua assinatura, serão identificáveis pela sua marca própria. Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. “Quem não sabe fazer mais nada (é o meu caso) faz colheres”.
      :)

      Eliminar
  7. Os artistas são todos iguais. O que eles querem sei eu. Lololololololol=)

    ResponderEliminar
  8. Rendida fiquei eu. Gosto do quadro e do atrevimento.

    ResponderEliminar
  9. Fui espreitar as telas que pintaste. Gostei particularmente de Lis Lena. Posso publicar no Era uma vez uma nêspera, um dia destes? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que o autor (Augusto Mota) não levará a mal.
      :)

      http://tintacompinta.blogspot.pt/2009/12/lenda-do-lis-e-do-lena.html#comment-form

      Eliminar
  10. Fico admirada com o seu estilo e a perfeição dos detalhes! que pincel!hem?
    Curti muito a inspiração.Parabéns !

    ResponderEliminar
  11. Ela está a fazer batota, quem é que se consegue concentrar com uma brasa a mexer-nos na perna com o pé?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quem prefira jogar às damas... requer menos concentração, dizem.
      :)

      Eliminar
  12. Parabéns pela tua arte. Eu fico maravilhada com esse dom. Dom esse que não possuo... Mas admiro bastante.
    Quanto ao jogo em si, ainda estou a procura de uma alma caridosa que me ensine.
    Beijos*

    ResponderEliminar
  13. Dom não tenho, mas teimosia... é o que se vê.
    :)

    ResponderEliminar
  14. Rui
    Xeque mate

    Um arraso sua tela.
    Paul ao lado de Obama, bela estratégia.
    Obrigada pela visita.
    bjs

    ResponderEliminar
  15. Rui estás no bom caminho, és um naífe puro, tens muita imaginação, e, as côres estão lá, sabes que a ausencia de sombras e nuances estão nos puros, procura fazer obra, pois o casino Estoril está à tua espera, cheque mate!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Puro tento ser, ingénuo... às vezes. Mas não me fales no casino, da última vez que lá estive vim muito mais leve.
      :)

      Eliminar
  16. Rui!
    Trabalho muito naífe!
    Gostei das cores e do conteúdo.
    Beijinho, não pares!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falar de cores a um daltónico... dá para rir, não dá?
      :)

      Eliminar
    2. Bem! Pelo menos o pintor sabe alguma coisinha de xadrez! Lá teve a boa ideia de colocar o quadrado branco à direita!Ah, achou que fazer o roque pequeno era suficiente para ter bom jogo mas.........parece que a adversária teve outra estratégia. Por acaso, eu estava interessado para ver como ela "atacava" mas tem as peças muito à frente. Parabéns ao artista, parabéns pela classe demonstrada na grande dificuldade em pintar um quadro destes!

      Eliminar
    3. A adversária não é como ele… tem o jogo bem estudado.
      :)

      Eliminar
  17. Jogava às damas com o meu avô e ganhava muitas vezes, jogo xadrez com o meu garoto... mas perco quase sempre... neste jogo não se pode estar a pensar em várias coisas ao mesmo tempo... coisa que, ultimamente, é o que estou sempre a fazer... qualquer dia até me dá um curto-circuito ;)
    Quanto à pintura... como sempre... uma sensação de frescura :)

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo com a janela aberta, a temperatura não baixa. Sensação de frescura?
      :)

      Eliminar
  18. Hum, qual é o jogo mais subtil? O que se joga por cima ou por baixo da mesa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A verdadeira felina está à janela e ninguém reparou nela?!
      :)

      Eliminar
    2. A Mia tem patinhas de veludo, não arranha, logo não pode ser a verdadeira felina.
      :)

      Eliminar
  19. Nunca fui grande jogador de xadrez, mas dá para perceber que, com a tática desta adversária (será no estilo de "técnicas mistas?", ela acabará sempre por levar a melhor!
    Sem surpresa também, é com agrado que podemos constatar a excelente qualidade que vais imprimindo nos teus trabalhos.
    Seguramente que não deixará indiferente qualquer bom crítico de arte, pela obra e pelo percurso do artista.
    Um abraço de parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se é ela que leva a melhor...
      :)

      P.S. Os morangos este ano estão o máximo!

      Eliminar
  20. Respostas
    1. Estava concentrado no jogo, não entendi... Problemas gástricos?
      :)

      Eliminar
  21. Muito cerebral, para meu gosto.
    Um pouco de paixão não faz mal nenhum e faz bem a muita gente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heróis do Mar... é outra música!
      :)

      "Paixão, paixão não vais fugir de mim
      Serás paixão até ao fim"

      Eliminar
  22. Agora entendi [gatos e jogos de tabuleiro].

    A tela é municiosa, colorida e com sentido de humor, parabéns.
    Só não vale atirar peças para o chão ;)

    Abç

    ResponderEliminar
  23. Bem gizado
    este quadro.

    O gato ao fresco, naquela calma toda...
    A estratégia da parceira também parece boa.

    Às tantas acabou por ser ela a dar o xeque-mate.
    Tão cedo?!

    ResponderEliminar
  24. Pois é! Dominado o Centro... é xeque-mate na certa.
    Obrigada pelo comentário. Como muito bem dizes o tempo voa, o meu filho ficou um ano mais velho (e eu um milhão) e imagina qual foi uma das prendas oferecidas pela mãe??? Precisamente um jogo de xadrez, pelo qual o rapaz tem vindo a mostrar algum interesse, agora só falta alguém que o ensine a dominar o centro para começar a fazer muitos "xeque-mates";)Certo!?

    ResponderEliminar
  25. Olá Rui,
    Ora aqui está uma coisa que gostava de fazer e não sei.
    Quanto ao mau feitio, sim confesso, tenho muito maus feitio.

    ResponderEliminar
  26. Não há que se lamentar... não se pode ter tudo.
    :)

    ResponderEliminar
  27. Jovem, só vejo peças negras no chão. Quer dizer que o jogador das negras não conseguiu comer a rainha branca, nem uns simples peões. The "woman in red" está completamente ganha.
    Falta um pequeno pormenor: o relógio. O jogador ainda poderia ter a opção de ganhar por tempo.

    ResponderEliminar
  28. Poderia... dizes bem, só que ele não está para aí virado.
    :)

    ResponderEliminar