quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Pecado Doce...


Não há almoços grátis, principalmente quando somos nós a pagá-los, algumas vezes ainda recebemos troco, aceitá-lo, ou oferecê-lo de gorjeta, depende de cada um.

Hoje, além de companhia, também fiz doce de chuchu (coisa pouca, três quilos e picos), insuficiente para “calar” as bocas das mulheres (esposa, filha, mãe e sogra). Quatro línguas de um lado, e do outro, apenas dois ouvidos, os meus…  

Depois do almoço bem podia ter ido fazer uma sesta, para não as incomodar, mas, não é meu hábito e seria uma indelicadeza. Retirei-me para o meu quintal, para queimar as calorias…  

Terei feito bem? Trabalhar num dia de feriado santo… será pecado?


(em vez da foto do doce optei por vos dar música)


Se gostarem mais desta…


42 comentários:

  1. Olha! Eu trabalhei hoje todo o Santo dia. Isto de trabalhar por turnos é tramado. Pintaste alguma coisa no teu quintal??? :)))))))

    ResponderEliminar
  2. Até fiquei com pena desses ouvidos... assim tão em minoria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pai está sempre comigo... o meu filhote vem amanhã (com a minha nora). Até que enfim!
      :)

      Eliminar
  3. Pois...não sei o que é que o almoço tem a ver com o trabalho no quintal... Será que elas não gostaram do teu doce ??
    Fizeste bem aí no quintal elas não te incomodam...puxa que isso faz calos nas mãos e o cheiro da transpiração atrai as moscas...
    Pecado é ir dormir a sesta e depois passar a noite em branco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Guardado está o bocado para quem o há-de comer"...
      Haja apetite!
      :)

      Eliminar
  4. Deixa lá trabalhar em dia de feriado depois de satisfazer a gula, não será pecado a mais? :)

    ResponderEliminar
  5. Doce de Pimpinela??? Nunca comi!!! Deve ser uma maravilha! Receita?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pimpinela? "Já chegámos à Madeira?"
      :)
      Receita (faseada): prepare o terreno, depois plante e aguarde...
      :)

      Eliminar
  6. Mas isto é uma "Guerra de Sexos" aqui neste post?

    ;)

    ResponderEliminar
  7. indelicadeza?
    Indelicadeza é ressonar...

    Não há pecado doce que não mereça
    uma boa "siesta" como penitência

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como o meu quintal já absolveu os meus pecados... amanhã voltarei a pecar.
      :)

      Eliminar
  8. Gostava de ter a receita!
    Quanto à 1ª versão musical já estou farta de a ouvir , a 2ª é novidade para mim... Confesso que achei graça! AH! AH! AH!

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. Maiorias, só se forem absolutas... e fazendo eu parte delas.
      :)

      Eliminar
  10. Fiquei curiosa pra saber como consegue fazer doce de chuchu ... que não tem gosto de nada rsrs ( água pura),podia passar a receita? rs
    Vai ver foi isso que s mulheres tagarelavam rs
    e as músicas pelo visto é revanche !,
    abraços Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O segredo está na massa"... e no prazer, enorme, de ver os outros saborearem o que fazemos com amor.
      :)

      Eliminar
  11. Eu atrevo-me a dizer que pior do que ter trabalhado num feriado santo foi ter feito as mulheres da casa pecar largamente por gula!

    ResponderEliminar
  12. Se tivesses feito compota das ameixas ou dos pêssegos do teu quintal... fazia já anos amanhã e pedia-te um boião como prenda d'anos!

    ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é que fiz (só 8 kgs.)?!...
      Fica prometido. Amanhã, ao pequeno-almoço, não me esquecerei de ti.
      :)

      Eliminar
    2. 11 quilos e picos de compota? (e acredito que não vás ficar por aqui...)
      Acho que já podes montar um negócio e vender por encomenda!

      ^^

      Eliminar
    3. Os marmelos (gamboas) ainda estão verdes...
      :)

      Eliminar
    4. Mas com marmelos faz-se marmelada... e não compota!

      :P

      Eliminar
    5. Faz-se marmelada de muitas maneiras... e compota também (com marmelos ou sem eles), assim haja fruta e engenho.
      :)

      Eliminar
  13. Vou deixar mais um bocadinho, depois apago :)))

    ResponderEliminar
  14. Doce de chuchu?! Nunca tal tinha ouvido! O que se aprende nos blogs...

    Venha de lá essa receita, faz favor! (Bolas! E ainda se queixam! Mulhes danadas! Tomaria eu ter um homem que me fizesse... doce de chuchu...)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "A necessidade (de me tornar mais doce) aguça o engenho"...
      :)
      Quanto à receita, não fica esquecida, está a aboborar...
      :)

      Eliminar
  15. Rui, não dê a receita à Graça. Ofereça antes um frasco de doce ao Sidónio.

    Será que a sua esposa não preferia que fizesse marmelada????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que variar... para não cansar. O meu doce de tomate também é muito apreciado.
      :)

      Eliminar
  16. ola, vi o seu blog no perfil de outra pessoa e decidi visitar para conhecer seu espaço, adorei imenso.. voce não quer vir visitar meus poemas?? http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Ai meu amigo, se eu tivesse um marido que me fizesse doce de chuchu andava sempre com ele ao colo hehehe. Pior é que o meu ultrapassa os 100kg e eu sou uma fraca figura. Pecado? A consciência quando existe, não deixa ninguém pecar e muito menos num quintal a queimar calorias. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de ler o que escreveu, receio bem que a minha esposa me deixe cair.
      :)

      Eliminar
  18. Eu ponho o chuchu na sopa para evitar colocar batatas e tu fazes compota? Deve levar carradas de açúcar ou então para ser tão doce, temperas com muito amor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar