quinta-feira, 21 de junho de 2012

Frutos do meu quintal


Frutos

Pêssegos, pêras, laranjas,
morangos, cerejas, figos,
maçãs, melão, melancia,
ó música de meus sentidos,
pura delícia da língua;
deixai-me agora falar
do fruto que me fascina,
pelo sabor, pela cor,
pelo aroma das sílabas:
tangerina, tangerina.

(Eugénio de Andrade)





Agora, além dos morangos, é o que está a dar. Seguem-se as nectarinas, os maracotões, as ameixas, os figos, as maçãs, as peras, os maracujás, as gamboas, os diospiros, as nozes. Até chegarem os quivis, as tangerinas e as laranjas, já não falta tudo.




44 comentários:

  1. Sou uma fã incondicional do Eugénio! E adoro essas frutas todas! Também quero!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nespereira este ano falhou-me... pode ser que no próximo me compense.
      :)

      Eliminar
  2. Ando com saudades de passar por aqui com mais tempo. Como mais uma vez estou à pressa, levo só um destes perfumados pêssegos, para ver se são de roer! ;)

    Até breve!

    ResponderEliminar
  3. Olha pêssegos do São João...

    Saudades de outros tempos, em que tinha isso tudo (ou quase) no quintal dos meus pais!
    Tantas cestas de vime carreguei cheias de fruta, desde o quintal até às estantes nos baixos da casa, onde a fruta vinha acabar de amadurar!
    Tinhamos lá um pessegueiro que de vez em quando dava frutos com cerca de meio quilo!
    Até já estou a salivar!

    Beijinhos cheios de doces memórias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes não são os de São João, nem de meio quilo (são meus) mas podes tirar.
      :)

      Eliminar
  4. Estudei este poema com os meus alunos e alunas vezes sem conta! :-))
    A minha ameixieira está a dar às centenas mas pequenas e pouco doces! :-((

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma das (4) ameixieiras, de tão carregada que estava, quebrou uma braça. Já é velhinha mas ainda faz corar de inveja as mais novas.
      :)

      Eliminar
  5. Bolas, isso é que é produção! Se o Cavaco sabe disso, ainda lhe impõe uma medalha no próximo 10 de Junho...

    Mas lá que têm bom aspeto, ai la isso têm! Onde é que os vai vender?...

    Beijinhos

    (Ah! Ia-me esquecendo de dizer (quase) o mais importante: que lindo o poema! Não conhecia, mas Eugénio de Andrade é sempre surpreendente)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uns ficam por cá, os outros vão para Lisboa, Caldas da Rainha, Praia do Pedrógão...
      Vender? Ainda acabo por ter que comprar...
      :)

      Eliminar
  6. longe de mim fugir de mim própria. se bem que às vezes era bom..há dias muito mortos.

    ResponderEliminar
  7. Se excluirmos subir ao escadote para os apanhar...
    :)

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. Adoro fruta! Se seguisse o conselho da nutricionista, duas peças por dia, estava bem tramado.
      :)

      Eliminar
  9. Olá, Rui.
    Seja bem-vindo ao meu cantinho.
    Cá vim dar-lhe a primeiríssima lição.:))

    Se ainda estiver interessado, aqui fica o link onde deixei a ajuda à Gracinha:
    http://www.blogger.com/comment.g?blogID=2438558216060747054&postID=2259517235173427793&isPopup=true


    Quanto aos pêssegos, o que eu adoro ir à aldeia e de lá vir carregada com as coisas maravilhosas que a casa dá. Tem sorte de as ter perto de si.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua atenção. Vou tentar que a professora não fique mal vista.
      :)

      Eliminar
  10. Pêssegos, agora é tempo dos pêssegos. E das ameixas, das pretas, que já estão por aí a pintar. Não tarda nada as amoras, também.

    Um fruto que pouquíssimas pessoas se lembram que pode ser utilizado: os pomes do piricanta, ah pois, mas quem os come é a passarada.
    Conhecem o araçá? Também é um citrino, mais um mês, talvez.

    Boa colheita, Rui, sempre a pau com os trabalhos, convém ter um olho sempre em cima do borda d´água, se bem que os tempos já não são os que eram!...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses frutos a passarada não os come no meu quintal, agora os outros... ainda vão chegando para todos.
      :)

      Eliminar
  11. Que aspecto tão delicioso!!
    Também vou tendo alguma produção caseira e variada. Não sou eu a tratar desse pelouro, mas aprecio quem sabe tratar...
    Abraços. Boa colheita.
    M. Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tive quem o fizesse por mim, agora tento eu fazê-lo a outros, é a lei da vida...

      Eliminar
  12. Bem, é um quintal de grande produção, com frutas deliciosas...mas, também deve ter muitos cuidados para a fruta ser tão linda e perfeita como os exemplares que nos mostra!!!...

    O aspeto é ótimo e o sabor deve ser delicioso!
    Também adoro as frutas do verão...pêssegos, ameixas carnudas amarelinhas, vermelhas,cerejas, uvas é tudo DELICIOSO!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para os cuidados e mimos que lhe dedico... não posso exigir mais.
      :)

      Eliminar
  13. Humm gostas de fazer inveja aos amigos!!
    primeiro viajas pra a terra da 'rainha' , depois vem com frutas colhidas no 'quintal' ... privilégio de poucos ,Rui.
    Ameixas, pêssegos,tangerinas,peras,maçãs_ todas me fascinam... resta saber o que vem a ser os maracotões e as gamboas ... diga aí Rui
    abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maracotão é uma variedade de pêssego e gamboa (marmelo) é o fruto do qual se faz a marmelada, mas não é o único.
      :)

      Eliminar
  14. Tudo tão bom e tão belo, Rui!
    Mas saberão todos o trabalho que isso tudo dá?
    As tangerinas são menos exigentes, pelo menos por aqui.
    Mas o maracotão é um dos meus frutos preferidos.
    grande abraço

    ResponderEliminar
  15. " Peguei, trinquei e meti-te a cesta..." Neste caso no balde :))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. "tangerina, tangerina", no dizer de cada sílaba o sumo doce de um gomo, entre a língua e o palato.

    Adoro a música das palavras de Eugénio.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  17. É tudo boa fruta...comestível...toda ela muito aromática!!!Esmagar os gomos dentro da boca...hummm...e é verdade ...muita vitamina!!!:)

    ResponderEliminar
  18. Olá amigo, bela fruta a do seu quintal. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  19. Esqueceste as cerejas...este ano tem sido uma fartura...
    Figos? Ainda nem vi nenhum...
    Bj
    BShell

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As cerejeiras aqui não querem nada comigo, já as figueiras...
      :)

      Eliminar
  20. Tanto que gosto deste poema do Eugénio para o Miguel. Sabe-me a perfume de pêssego, aos escorrimentos do melão, à doçura compacta da banana, ao fresco aromático dos morangos. a dentadas de gosto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falei antes de tempo... este ano os quivis "traíram-me".

      Eliminar